-->

Ndaka Yo Wiñi fala sobre património musical na mediateca de Luanda



O músico e pesquisador cultural, Ndaka Yo Wiñi, dissertará sobre “Música como património de um povo”, às 10 horas, do próximo dia 20 de Julho, na Mediateca de Luanda, sob a égide da Queta Comunicação, em parceria da referida instituição, tendo o apoio da Ombenje, entidade que responde pelo artista. A palestra será gratuita.

Inserida no projecto “Minha identidade”, a Queta Comunicação pretende dar o seu contributo à sociedade, organizando palestras com artistas que dominam certas áreas das artes. “Essa primeira actividade tem como objectivo levar ao conhecimento dos mais jovens a importância de se conhecer a cultura angolana, concretamente o valor cultural que a música ancestral possui”, explica o responsável, Olívio dos Santos. 

Acrescenta ainda que é no homem que se fundamenta toda a transmissão do conhecimento e as vivências com os demais elementos existenciais. Para concluir, Dos Santos afirma que o acervo cultaral angolano, em particular, foi conservado e transmitido pelas instituições familiares, pelos ritos de iniciação, pela música e pela língua; pode-se dizer que um dos elementos mais fortes é a oralidade, o poder da palavra. Ndaka Yo Wiñi, nome artistico de Adriano Dokas, nasceu no dia 5 de Janeiro de 1981, no Lobito, Benguela. 

Os primeiros passos no mundo da música foram dados em Cabinda, antes de qualquer outra experiência profissional. Ndaka Yo Wiñi, nome adoptado pela carga familiar e emocional que o mesmo transporta, hoje é uma referência continental do AfroJazz. 

PUB

ÚLTIMAS ENTRADAS

COMENTÁRIOS

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © Todos Direitos Reservados 2013 - 2018
Site desenvolvido por: Angotec - Provedor Web