--> 5

Preto Show revela estar cansado da falsidade dos tops em Angola, e recebe apoio nas redes socias

O autor do hit ‘Vou matar lá um’, revelou na tarde desta quarta-feira (15), em post partilhado na sua conta oficial da rede Instagram, que está cansado da falsidade dos tops em Angola. E, em gesto de apoio, várias figuras públicas nacionais, apoiaram a opinião do cantor, deixando também, diferentes comentários em relação ao assunto.

Ao que tudo indica, o desabafo do cantor começou na noite de terça-feira (14), depois de anunciada a lista dos nomeados ao “Moda Luanda 2017”, quando tornou pública uma mensagem que recebeu de um amigo na sua conta oficial do SnapChat; Inclusive, Preto Show fez questão de tornar pública a conversa em causa, partilhando-a com os seus fãs e amigos nas redes sociais.


“Cota o ano de 2016 foi teu, mas o que me deixa triste é que não estás a concorrer no Moda Luanda, acho que deveriam valorizar mas o trabalho dos outros, mas para mim não há nenhum prémio que compra o teu talento, com prémio ou sem prémio serás sempre melhor”, dizia a mensagem.
Com fundo preto e letras brancas, Preto Show, afirmou que está cansado da falsidade e conveniência que tem notado nas nomeações dos prémios em Angola.
“Se és artista e não importa qual é a tua arte e achas que estás cansado de tanta falsidade e conveniência nos TOPS em angola faz o teu post e deixa o teu comentário, sei que muitos como ficam com medo não vão dizer nada nem vão postar mais chega a um limite que já não podemos deixar as coisas como eles estão a decidir e o povo sabe que é a falsidade e conveniência”, escreveu o cantor.
Depois do impacto do seu post,  algumas figuras conhecidas em vários ramos da sociedade como moda, desporto e música, apoiaram o cantor pelo desabafo e descontentamento.
O modelo Internacional Marcos dos Santos, também disse o que pensa, e foi mais a fundo, contando que certas coisas nem merecem receber importância, pois é tudo de amigos para amigos.
“Certas coisas nem merecem darmos importância Preto Show, tudo de amigos para amigos”, disse o rosto da marca de chapéus da Pelcor.
O integrante do grupo Dream Boyz, Malaryah, realçou o facto de que os nomeados são sempre as mesmas pessoas, acrescentando que não se preocupa com os prémios, porque o maior prémio é o carinho e saber que é ouvido.
“Infelizmente não se checa o trabalho, a qualidade dos artistas, não se faz uma pesquisa do que realmente está a se ouvir, de quem o público alvo procura, os tops sempre foram de colocar sempre as mesmas pessoas, nunca me preocupo com prémios, porque o maior prémio é o carinho e também saber que és ouvido, que as musicas são tocadas por isso esquece esse post… e vamos continuar a trabalhar.. tu, eu e outros artistas”, frisou Malaryah.
Acrescentou ainda, que não temo eles, só não estou focado e não sou afectado pelas suas escolhas… por isso just work e vão te respeitar, porque senão vai ser aquilo que aconteceu no top passado mil pessoas vão postar isso e vão adicionar pessoas no post por revolta… e fica tipo estamos a pedir para sermos nomeados quando apenas basta olhar e ver o que está mais do que óbvio… lets work.. 2017 apenas começou e parabéns pelas tua garra e as obras”, concluiu o cantor.
Já o atleta angolano João Cavaleiro, parabenizou Preto Show pela coagem e determinação daquilo que pensa a cerca dos tops.
“Bem falado ‘bro’ meus parabéns pela coragem do início dessa luta! Mesmo que não der em nada, mas pelo menos haverá mais respeito pelo esforço dos outros”.
Vale lembrar que Preto Show é na actualidade um dos maiores “hitmaker” da música angolana e tem feito sucessos atrás de sucessos desde que começou a sua carreira a solo.
 17274144 1334733523260915 219169170 n



Jovem estudante, sonhador, CEO e fundador da Vicente News.

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © 2013 - 2017 Vicente-news.com Todos Direitos Reservados - Angola
Editado por: Vicente Brás Zau